Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘sociedade’ Category

Acontece de hoje a 22 de março, na sede do Sedich, a Semana de Combate à Tortura, em comemoração ao Dia Estadual de Combate à Tortura. O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Cidadania e tem como objetivos o fortalecimento do combate à tortura e a criação de instrumentos, mecanismos e espaços necessários para o enfrentamento e erradicação da Tortura no Estado. Entre as atividades previstas estão a realização de audiências com órgãos públicos, visitas às unidades de privação de liberdade, além de debates e estudos relacionados ao assunto.

O Brasil ratificou, em 1989, a Convenção Contra a Tortura e Outros Tratamentos Desumanos, Cruéis ou Degradantes. Esta convenção foi adotada em Assembleia Geral das Nações Unidas, em 10 de dezembro de 1984, e entrou em vigor em 26 de junho de 1987. Estabelece uma série de obrigações aos países membros destinadas a proibir e prevenir a tortura.

Além de definir o conceito de tortura, a Convenção determinou a adoção de medidas com o objetivo de prevenir e reprimir a tortura. O Brasil assinou o Protocolo que estabelece um sistema de visitas regulares efetuadas por órgãos nacionais e internacionais aos espaços em que possa haver privação de liberdade.

Esses mecanismos vêm sendo criados, no Brasil, pelos estados e já funcionam no Rio de Janeiro e Alagoas. No Maranhão está em processo de construção, motivo pelo qual o Comitê Estadual de Combate à Tortura do Maranhão está organizando as atividades do Dia Estadual de Combate à Tortura, criado pela Lei nº 8.641/2007, para aprofundar o seu funcionamento.

Fonte: Imirante.com

Anúncios

Read Full Post »


Confira a movimentação do São João em São Luís do Maranhão

21/06 (SEGUNDA-FEIRA)

19h – Quadrilha Mocinha do Sertão

20h – Dança Portuguesa Belíssima de Lisboa

21h – Show de Zé Lopes

22h – Boi Urubu do Maiobão

23h – Bumba-meu-boi de Tajaçoaba

00h – Bumba-meu-boi União da Baixada

22/06 (TERÇA-FEIRA)

19h – Cacuriá Basson

20h – Dança do Boiadeiro Gaúcho Negro

21h – Show Lamparina

22h – Bumba-meu-boi Itapera de Maracanã

23h – Boizinho Incantado

00h – Bumba-meu-boi de Barbosa de Rosário

23/06 (QUARTA-FEIRA)

19h – Show de Luis Guerreiro

20h a 23h – III Clarins da Ilha

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Flor da Serra

22h – Xote e Baião

24/06 (QUINTA-FEIRA)

19h – Dança do Boiadeiro Galera de Cowboy

20h – Bumba-meu-boi de Tajaçoaba

21h – Show de Rosa Reis

22h – Bumba-meu-boi Famosão de H. Campos

23h – Bumba-meu-boi Lírio de São João

00h – Bumba-meu-boi de Santa Fé

25/06 (SEXTA-FEIRA)

19h – Cacuriá da Silvana

20h – Bumba-meu-boi da APAE

21h – Show de Mano Borges

22h – Boi de Palha

23h – Bumba-meu-boi de Apolônio

00h – Bumba-meu-boi Sonho da Terra de S. Bento

01h – Bumba-meu-boi da Pindoba

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Trio Pueirão

22h – Côco Verde

26/06 (SÁBADO)

18h – Teatro “O Boi Desmiolado”

19h – Quadrilha Asa Branca

20h – Tambor de Crioula Arte Nossa

21h – Show de Jorge Tadeu

22h – Boi Barrica

23h – Bumba-meu-boi de Guimarães

00h – Bumba-meu-boi de Axixá

01h – Bumba-meu-boi de Barreto

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Inaldo Bartolomeu

22h – Sales do Acordeon

27/06 (DOMINGO)

18h – Cacuriá Rabo de Saia Mirim

19h – Quadrilha Flôr do Sertão Mirim

20h – Bumba-meu-boi de Teodoro

21h – Show de Papete

22h – Boi Pirilampo

23h – Bumba-meu-boi da Redenção

00h – Bumba-meu-boi de Matinha

28/06 (SEGUNDA-FEIRA)

19h – Tambor de Crioula Lírio de São Benedito II

20h – Bumba-meu-boi de Eliézio

21h – Show de Eugênia Miranda

22h – Bumba-meu-boi Encanto da Ilha

23h – Bumba-meu-boi de Santa Fé

00h – Bumba-meu-boi São José dos Índios

01h – Bumba-meu-boi de Nina Rodrigues

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Sopa de Alho

22h – Trio AZT

29/06 (TERÇA-FEIRA)

19h – Coco Pirinã

20h – Grupo de Dança Flor de Pequi

21h – Show da Banda Maria Preá

22h – Bumba-meu-boi de Dona Zeca

23h – Bumba-meu-boi Brilho da Terra

00h – Bumba-meu-boi Famosão de H. Campos

30/06 (QUARTA-FEIRA)

19h – Dança do Boiadeiro de Alcântara

20h – Bumba-meu-boi da Vila Passos

21h – Show de Daffé

22h – Cacuriá de Dona Teté

23h – Bumba-meu-boi de Guimarães

00h – Bumba-meu-boi Brilho da Ilha

01/07 (QUINTA-FEIRA)

19h – Quadrilha Formosinha do Sertão

20h – Tambor de Crioula Pungar da Ilha

21h – Show de Jr. Gaito e o Bate-chinela

22h – Bumba-meu-boi de Nina Rodrigues

23h – Bumba-meu-boi da Fé em Deus

00h – Bumba-meu-boi de Pindaré

02/07 (SEXTA-FEIRA)

19h – Dança Portuguesa Arte e Beleza de Portugal

20h – Quadrilha Matutos do Olho D´água

21h – Show de Didã

22h – Bumba-meu-boi da Lua

23h – Boi Barrica

00h – Bumba-meu-boi Encanto da Ilha

01h – Bumba-meu-boi da Pindoba

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Forró do Bom

22h – Forró Pegada

03/07 (SÁBADO)

18h – Teatro “A Carroça é Nossa”

19h – Tambor de Crioula de Nivô

20h – Dança Portuguesa Flor de Portugal

21h – Show de Rogéryo du Maranhão

22h – Bumba-meu-boi de Sonhos

23h – Bumba-meu-boi do Maracanã

00h – Bumba-meu-boi Novilho Branco

01h – Bumba-meu-boi da Madre Deus

BARRACÃO DO FORRÓ

19h – Raimundinho do Acordeon

22h – Marinaldo e Zezito

04/07 (DOMINGO)

18h – Grupo Teatral Cartuns

19h – Cacuriá Enroscadinho Mirim

20h – Dança Portuguesa Alegria de Portugal Anil Mirim

21h – Show      Ronald Pinheiro

22h – Bumba-meu-boi de Guimarães

23h – Grupo Piaçaba

00h – Bumba-meu-boi de Axixá

Read Full Post »

Dona Teté, um dos expoentes do cacuriá no Maranhão

Uma das manifestações mais populares na cultura maranhense que tem seu ápice no período junino é o cacuriá. A dança teve início no interior do estado, vista como profana, e encerrava à Festa do Divino. Oriundo da cidade de Guimarães, no Maranhão, foi para capital e passou a acompanhar o bumba-meu-boi nas festas juninas e festivais culturais .

Em São Luís, o cacuriá, como o conhecemos hoje, foi disseminado na década de 1970 por Dona Florinda e Seu Alauriano, mais conhecidos por dona Filoca e seu Lauro. Inicialmente, o cacuriá era praticado unicamente com as caixas, mas aos poucos foi-se acrescentando outros instrumentos, como banjo, violão, clarinete e flauta.

Agregando vários outros ritmos e festas da região como o carimbó, o bumba-meu-boi, os ritmos das caixas da Festa do Divino Espírito Santo e as festividades juninas, o cacuriá caracteriza-se pela sensualidade da dança e pelo repertório que é feito de músicas em geral compostas pelos próprios grupos.

Atualmente, existem cerca de setenta grupos de cacuriá só na capital São Luís.

Fontes:
Centro de Cultura Popular
Cruz, Rita; Soares, Camila; Hartmann, Luciana. Cacuriá: A tradição maranhense em terras candangas. Disponível em: http://bit.ly/cGhkF4

Read Full Post »

Aconteceu ontem o 1º Encontro Metropolitano Geoambiental da Ilha de São Luís, no Centro Cultural de São José de Ribamar, das 9h às 18h, com a participação de Prefeitos, Deputados, Vereadores, Secretários, Gestores e Técnicos Municipais de Meio Ambiente, de Obras, de Saneamento Ambiental, de Pesca, de Agricultura e de Planejamento Urbano.

Estiveram presentes lideranças empresariais, acadêmicas, culturais, estudantis, trabalhistas e sócio-comunitárias dos municípios de  São José do Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, São Luís, Bacabeira, Anajatuba, Santa Rita e Rosário, para discutir o Zoneamento Ecológico-Econômico como instrumento de planejamento e ordenamento territorial, desenvolvimento urbano e rural, conservação e manejo das bacias hidrográficas, preservação das áreas verdes e dos corredores ecológicos, além do estabelecimento e definição dos “Planos Diretores Geoambientais dos Municípios da Região Metropolitana de São Luís.

Com informações do Jornal Cazumbá

Foto: http://mysp.ac/dtD2GC

Read Full Post »

Gestores públicos culturais e representantes da sociedade civil organizada de 52 municípios que compõe a Mesorregião Oeste do Maranhão, reuniram-se neste sábado (5), em Imperatriz, para mais uma edição do Fórum Regional de Cultura, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secma), com o apoio do Ministério da Cultura (MinC). O evento, que já foi realizado em Arari, Bacabal e Codó, tem o objetivo de debater aspectos ligados à municipalização da cultura, parte fundamental para a captação de recursos, a partir da implantação do Sistema Nacional de Cultura (SNC) do Governo Federal.

Durante a manhã de trabalho, o representante do MinC, Roberto Peixe, participou do painel “Sistemas Nacional, Estadual e Municipal de Cultura”, ao lado da convidada e professora da Universidade Federal do Maranhão, Éster Marques, e do técnico da Secma, Jeovah França. O painel abordou tópicos referentes à Estruturação e Sistema Estadual de Informações Culturais e ao Sistema Nacional de Cultura (Projetos de Emenda Constitucional – PECs -, Projetos de Lei – PLs – e Procultura), além das propostas já elaboradas para o Sistema de Cultura do Maranhão.

Na quarta-feira (9), a última etapa do Fórum Regional de Cultura chega à mesorregião sul, tendo como cidade-base São Raimundo das Mangabeiras, onde estarão reunidos os representantes de 19 municípios.

Para participar, cada município que compõe a Mesorregião Sul deverá inscrever dois participantes, sendo um representando o poder público e outro a sociedade civil. A inscrição encerra na segunda-feira (7).

O evento disponibilizará hospedagem e alimentação dos inscritos. “O deslocamento, entretanto, ficará por conta de cada município”, ressaltou a chefe da Assessoria de Planejamento e Ações Estratégicas da Secma, Rozenir Mesquita. As inscrições estão sendo feitas pela Assessoria de Planejamento. Outras informações pelos telefones (98) 3221-9552, 3266-1311 ou pelo e-mail assplan@cultura.ma.gov.br

Do Jornal Cazumbá

Read Full Post »

Está com inscrições abertas até o dia 10 de julho o concurso fotográfico Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina. Em sua  segunda edição, o concurso objetiva valorizar a cultura popular da região Nordeste através dos olhos das pessoas no espaço em que elas vivem. A cultura nordestina é caracterizada pela riqueza de suas crenças, musicalidade, história e culinária, que constitui o rico patrimônio cultural do povo do Nordeste. Os participantes deverão focalizar essas características através das lentes de suas câmeras, despertando o olhar e o interesse pela cultura popular nordestina e suas manifestações.

Para participar do concurso o candidato deve enviar, no máximo, três fotografias medindo 20x30cm em papel fotográfico fosco para o seguinte endereço: Concurso Fotográfico “Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina” – Caixa Postal 1653, CEP 59078-970 – Natal (RN). As fotografias deverão ser enviadas, obrigatoriamente, com etiquetas informando: nome do fotógrafo, local, data e título da foto, preenchidas e coladas no verso das mesmas.

Para as inscrições será levada em conta a data do carimbo postal dos Correios, por carta registrada. Não serão aceitas fotografias no formato digital, enviadas por CD ou outro dispositivo de armazenamento similar.

Premiação – Os prêmios serão concedidos aos 10 primeiros colocados. A novidade desta edição é que a comissão julgadora concederá também 10 menções honrosas, e os fotógrafos selecionados receberão, além do certificado, um prêmio em dinheiro no valor de R$100, cada. No total, as 20 melhores fotografias serão premiadas com valores em dinheiro num total de R$4.900.

As 20 fotos selecionadas serão transformadas em cartões postais e distribuídas de forma gratuita. Faz parte da premiação também a realização de uma mostra virtual no site do concurso e uma Mostra itinerante que percorrerá os Centros Culturais do BNB. Além disso, as fotografias serão distribuídas de forma gratuita através de cartões postais que difundirão as imagens selecionadas.

O regulamento do concurso com todas as informações estará disponível no site www.olharcultural.com.

Com informações do Jornal Cazumbá

Read Full Post »

Aconteu na semana passada, no município de Rosário, uma consulta pública para incluir 13 municípios maranhenses no Plano de Desenvolvimento Sustentável da Região Turística do Meio-Norte (PDSRT). Os municípios em questão são Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Presidente Juscelino e Rosário na Região do Baixo Munim e de Anajatuba, Itapecuru-Mirim, Nina Rodrigues, Presidente Vargas, Santa Rita e Vargem Grande na Região do Baixo Itapecuru, totalizando uma área de 11.882,41 km².

Esses 13 municípios também integram os Territórios Rurais selecionados para o Programa Desenvolvimento de Territórios Rurais da Secretaria de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Programa Territórios da Cidadania.

O Plano de Desenvolvimento do Meio-Norte, uma iniciativa do governo federal em parceria com os governos do Maranhão, Piauí e Ceará, é direcionado para o desenvolvimento sustentável de regiões com baixos patamares de renda per capita e com reduzidas taxas de crescimento.

Atualmente são contemplados no Maranhão os municípios de Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Barreirinhas, Belágua, Brejo, Buriti, Chapadinha, Humberto de Campos, Magalhães de Almeida, Mata Roma, Milagres do Maranhão, Paulino Neves, Primeira Cruz, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, Santo Amaro do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São Bernardo, Tutóia e Urbano Santos.

Com informações do Imirante

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: